SÃO JOÃO DO SÓTER – PARTE II

19/08/2011 por · 1 Comentário 

               Contribuição a sua história..    

 

Ivan e Clidenor Filho

Na eleição de 2000, a disputa entre Ivan Magalhães e Clodomir Rocha se repetiu. A diferença foi apenas os candidatos a vice. A derrota em 1996 talvez tenha deixado o candidato Clodomir Rocha mais habilidoso conseguindo assim unir a oposição em torno de sua candidatura ,  desta vez concorrendo pelo PL (Partido Liberal), formando chapa com Marcos Moura (PP).

  Ivan Magalhães (PFL), na condição de prefeito e candidato a reeleiçao, devido a sua pouca habilidade como gestor municipal teve dificuldade para escolher seu vice, recorreu obrigatoriamente a uma pesquisa colocando alguns nomes do seu grupo para avaliação popular, Magalhães queria saber também o que o povo estava achando do seu governo.

Contratou o IPOPE (Instituto Piauiense de Opinião e Pesquisa) através do amigo, jornalista Douglas Ferreira.

Clodomir e Marcos Moura

Nesta sondagem apareceu o nome do vereador Clidenor Guimarães Filho(PDT) (então Presidente da Câmara) como melhor avaliado. Pois bem, seria o nome mais leve para compor a chapa na condição de candidato a vice-prefeito.

Nesta mesma pesquisa detectou-se algumas reclamações da população,  ou seja, o nome do prefeito estava desgastado, mas com a chegada de um vice bem avaliado e a realização das obras reclamadas pelo povo seria perfeitamente possível a reeleição de Ivan Magalhães, assim previu o IPOPE.

   A previsão do Instituto Piauiense nao foi levada a sério por Magalhães, ele não deu ouvido para os reclames da população e mesmo assim partiu para campanha com seu vice Clidenor Filho. Não deu outra. Clodomir Rocha foi eleito com uma diferença exata de 922 votos e governou de 1º de janeiro de 2001 até… (não concluiu seu mandato) mas isso é assunto para próxima conversa.

Até lá.

 

SÃO JOÃO DO SÓTER

02/08/2011 por · 4 Comentários 

Contribuiçao à sua história...

São João do Sóter-Ma., município criado pela Lei de nº 6.157 de 10 de novembro de 1994, publicada no Diário Oficial do Estado em sua edição de nº215 na mesma data. Desmembrado do município de Caxias que fica a 60 km. O nome do município é uma homenagem ao ex-proprietário do povoado (São João dos Poleiros, sede do município), Senhor Sóter Mendes, uma espécie de “coronel” bem relacionado no meio político chegou a  ser vereador de Caxias.
O município tem uma população estimada em 17.104 hab. Segundo dados de 2010. Uma média de 10 mil eleitores aproximadamente, depois da revisão eleitoral do ano passado. Área territorial de 1.438,020 km2. Localizado na regiao leste maranhense.
Os primeiros mandatários assumiram em 1º de janeiro de 1997, depois de uma eleição acirrada entre três candidatos a prefeito. Ivan Santos Magalhães – PFL (eleito), apoiado pelo então Deputado Humberto Coutinho.  Clodomir Costa Rocha – PMDB, apoiado pelo então Deputado Getúlio Silva, além dos padres da região e Clidenor Rodrigues Guimarães – PSDB, este não tinha apoio de políticos e mesmo assim foi o mais votado na zona urbana elegendo o maior número de vereadores. Nesta eleição foram eleitos 9 vereadores. Clidenor Rodrigues Guimarães Filho-PDT (eleito presidente da câmara em dois mandatos), Beneval Sousa Rios-PDT, João Batista Rios de Macedo-PSD, Francisco Alves de Andrade Filho- PSDB, José do Rego Barbosa-PMDB, Maria da C. Dos Santos Ferreira-PFL, Cristovão Queiroz Rolim-PSDB, Raimundo Ferreira -PSDB e Raimundo Nonato Costa Araújo-PFL,  dos quais somente Raimundo Ferreira permanece como vereador até os dias de hoje com 4 mandatos consecutivos e João Batista Rios que voltou à câmara na eleição de 2008 e segue no mandato até 2012.
A Lei de criação do município no seu Art.3º permitia apenas 5 secretarias, que foram compostas por Saly Mendes de Azevedo (Sec. de Adm. e Finanças), Julinha Magalhães (Sec. de Educação), Ivone Magalhães (Sec. de Saúde), Ivaldimar Magalhães (Sec. de Agricultura e Obras) e Rose Santana (Sec. de Asst. Social) .
Você deve estar se perguntando:  Isso  não é nepotismo?  É sim, mas a sorte é que não existia a lei de combate ao nepotismo, então era só anti-ético empregar parentes.
O projeto de criação do município é de autoria do então Deputado Humberto Coutinho (hoje prefeito de Caxias) , aprovado pela Assembléia Legislativa e assinado pelo Governador José Ribamar Fiquene.
Enfim, desta forma pretendo  a partir deste momento  registrar neste espaço a história de meu querido São João.  Cidade simples, pequena, mas quem lutou por sua emancipação sabe de sua verdadeira importância.  Aqui vou arriscar contar  histórias que ví e “viví”,  as dificuldades para começar a implantar o legislativo, como primeiro presidente da câmara municipal.
Obrigado e até outra hora.

Segue abaixo cópia da Lei nº 6.157 (de 10 de nov. de 1994)
Veja também fotos dos meus arquivos.

DIA DE FESTA. 1º DE JAN. DE 1997. POSSE DOS ELEITOS

 

POSSE NA CAMARA. CLIDENOR GUIMARÃES FILHO PRIMEIRO PRESIDENTE

 

OS PRIMEIROS VEREADORES DO MUNICÍPIO

José do Rego Barbosa, Maria da Conceição Ferreira, Raimundo Nonato Costa, Clidenor Guimarães Filho, Raimundo Ferreira, João Batista de Macedo, Cristovão Queiroz, Francisco Andrade e Beneval Rios

Olá, mundo!

20/07/2011 por · 3 Comentários 

Bem-vindo ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e comece a publicar!